quarta-feira, 10 de março de 2010

A produção de brinquedos educativos feitos com Miriti e sua utilização no ensino de ciências

Autores

Luana Letícia Silva dos Santos, Glenda Ronely Gomes Correa

Orientador

Ângela Costa Santa Brigida

Instituição

E.E.E.F.M. Joaquim Viana

Resumo

Foram construídos brinquedos educativos que servirão como instrumentos complementares nas aulas de Física, Química e Biologia utilizando-se como matéria-prima o Miriti (Mauritia Flexuosa), que pode ser adquirido com facilidade na capital, Belém. O presente projeto visa despertar o interesse dos alunos do ensino médio para a disciplina de Física, Química e Biologia, a partir da construção de brinquedos educativos, desenvolvendo, assim, a criatividade, estimulando a curiosidade e relacionando-os ao cotidiano dos alunos. A fabricação dos brinquedos privilegiou um planejamento segundo a escolaridade e os conteúdos da disciplina, os brinquedos foram construídos juntamente com os alunos por meio de oficinas ministradas pelo professor coordenador do projeto. Os brinquedos escolhidos foram: rato, roda-gigante, tatu, cobra, barco, periscópio, estrutura de DNA, células animais e vegetais e modelos atômicos de diversas estruturas. Os estudos teóricos foram baseados em cada brinquedos, dentre eles, temos: Movimento Circular, Transmissão e Conservação de Energia, Empuxo, Óptica Geométrica, Ecologia, a Célula, Tabela periódica, Química Orgânica, dentre outros. Esse projeto tem como meta construir no prazo de um ano, diversos brinquedos para serem usados em sala de aula, visto que a Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Professor Joaquim Viana não possui um laboratório Multidisciplinar para que as aulas práticas dessas disciplinas sejam ministradas.

Assista o vídeo:


Este trabalho está participando da Febrace (Feira Virtual de Ciência e Engenharia) e concorre a um prêmio nacional, precisamos fazer nossa parte: divulgar e votar. Trata-se de um trabalho inovador e criativo.

Solicito aos professores de Sala de Informática que publiquem esta texto em todos os blogs das escolas e peçam para os alunos e professores votarem neste projeto.

O processo de premiação já está na etapa final e depende de nosso apoio (votos) para se classificar.

Para votar no projeto visitem o seguinte sítio:

Blogueiros paraenses uni-vos!

Por: Marcelo Carvalho

4 comentários:

wanakal disse...

Muito bom o projeto, a escola Joaquim Viana de Ananindeua tá de parabéns,utilizando elementos da nossa cultura, valorizando os diversos saberes( saberes tradicionais)em prol de uma educação contextualizada e autonoma!! Parabéns mais uma vez!!
já votei e estou divulgando em meu blog:http://wanakal-tecnologiaeeducacao.blogspot.com/
Um Abraço!!
Wanessa Cardoso
(Escola David Salomão Mufarej)

profª Maria do Carmo disse...

Achei interessante este trabalho. Mais interessante é a criatividade e o foco dado as tecnologias. Eu diria que este trabalho resume a citação de (ALMEIDA E PRADO, 2005)
"O uso da tecnologia na escola, quando pautado em princípios que privilegiam a construção do conhecimento, o aprendizado significativo
e interdisciplinar e humanista, requer dos profissionais novas competências e
atitudes para desenvolver uma pedagogia voltada para a criação de estratégias e
situações de aprendizagem que possam tornar-se significativas para o aprendiz, sem perder de vista o foco da intencionalidade educacional."
A escola, os alunos e a prof. Angela estão de parabéns. Já votei e também estou divulgando em meu blog.

Andrea Araujo disse...

Oi Marcelo!
Tentei votar,mas esse link não está abrindo.

Como posso postar?

NTE disse...

Oi Andrea,

Infelizmente a votação encerrou. Estamos aguardando o resultado.

Um abraço,

Marcelo Carvalho